Conheça o Clos Mogador, um dos grandes vinhos do Priorato

Localizado na Catalunha, no nordeste da Espanha, o Priorato é uma pequena Denominação de Origem das mais cobiçadas do país. A grande estrela local são seus tintos potentes e estruturados, geralmente feitos a partir das castas Garnacha e Cariñena, embora uvas internacionais como Cabernet Sauvignon e Syrah sejam cada vez mais comuns.

Hoje vamos falar um pouco sobre o Clos Mogador, um vinho ícone da região. Seu proprietário, René Barbier Ferrer (foto abaixo), é considerado um dos pais do Priorato atual, o grande responsável pelo renascimento dos vinhos da região a partir de 1989. Ele acreditou no potencial local, e conseguiu convencer outros vinicultores a produzirem vinhos ali.

Barbier é descendente de vinicultores franceses que se estabeleceram no Penedès. Seu pai René Barbier dirigia a bodega homônima que agora pertence à Freixenet. Seu vinhedo no Priorato é um imenso anfiteatro de ardósia às margens do rio Siurana. Várias castas são cultivadas, mas o corte principal do Clos Mogador é constituído de Garnacha, Cabernet Sauvignon e Syrah.

Quando jovem, o Clos Mogador pode ser muito tânico, fechado e reduzido. Mas no seu devido tempo, vai se tornando cada vez mais consistente e elegante. Mesmo em safras mais difíceis, pode gerar ótimos vinhos. De acordo com o renomado especialista em vinhos Hugh Johnson, o Clos Mogador possui semelhanças com um Châteaneuf-du-Pape de primeira linha.

Barbier também desenvolve um rótulo exclusivo para o mercado norte-americano, chamado Clos Erasmus, que já recebeu 100 pontos do famoso crítico Robert Parker, além de outros rótulos como o Manyetes (corte de Cariñena e Garnacha), Com Tu (Garnacha biodinâmica produzida por um dos filhos de René, Christian) e o branco Nelin (mescla de Garnacha Branca com Macabeu).

Links recomendados:

Site oficial: http://www.closmogador.com/

Para adquirir no Brasil: https://www.mistral.com.br/

Entrevista com René Barbier Ferrer publicada na Revista Adega: https://revistaadega.uol.com.br/artigo/a-explosao-do-priorat_5419.html

Bibliografia:

– 1001 Vinhos Para Beber Antes de Morrer – Neil Beckett – Ed. Sextante
– Atlas dos Vinhos de Espanha – José Peñín – Grupo Santander Banespa
– Enciclopédia do Vinho – Hugh Johnson – Ed. SENAC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *