Cervejas e Vinhos responde o que é o famoso aroma Dank!

O mundo das cervejas artesanais/especiais está sempre em constante evolução. Modas, ondas e bolhas são criadas ao mesmo tempo que somem sem deixar muito rastro. Tempos atrás ouvimos falar que as cervejas do estilo New England IPAs seriam um modismo e não durariam muito. Anos se passaram e o mercado está inundado de lançamentos semanais, esses  que ditam o portfólio das principais e mais expressivas cervejarias do Brasil.

Sempre em busca de novidades e inovações, as cervejarias criam diversas técnicas de lupulagem, utilizam lúpulos em vários formatos, e o mais prazeroso é testar as variedades que se ampliam a cada ano. Assim trazendo para os copos novos aromas e sabores. Falando em aromas, chegamos ao tão discutido e procurado Dank! Primeiro temos que lembrar que o Humulus lupulus é da mesma família da Cannabis sativa, de onde o termo em si se origina.

Termos de difícil tradução, tanto o Dank quanto o funky, não possuem um significado específico, mas também acabam não sendo muito amplos. Essas gírias acabam resultando em um conjunto de características específicas que evidenciam algo bom, gostoso e extraordinário. Essa palavrinha começou a ser utilizada para elogiar variedades de maconha de alta qualidade, essas que trazem muita potência em aroma. Alguns lúpulos começaram a trazer essas características terpênicas para as cervejas, e logo ganhou destaque no vocabulário cervejeiro, assim chegamos no Dank.

Mas o que significa o Dank? A tradução literal segue na linha de algo úmido, molhado, terroso, porão. Já como gíria cervejeira a palavra é usada para tentar descrever um aroma cítrico resinoso, terroso, úmido, algo de pinho, herbal, atípico, diferente, um aroma fresco verde com finalização tropical.

A explosão do Dank na bolha geek cervejeira, veio através das New Englands IPAs que utilizaram o lúpulo Strata. A febre chegou a determinado ponto que o Empório Alto de Pinheiros teve uma semana dedicada com nove torneiras. Foram nove rótulos de cervejarias diferentes que utilizaram o lúpulo Strata. Mas é importante ressaltar que não é só Strata que traz Dank às cervejas. Além de outros lúpulos, determinadas combinações podem trazer essas características.

O site Beer Maverick, hoje um dos mais completos banco de dados de lúpulo online, compilou e classificou 14 lúpulos que trazem as características antes descritas, tanto em aroma quanto em sabor. Os descritores secundários mais populares deste subconjunto de lúpulo são cítrico,  cannabis, laranja, toranja e picante. São eles: African Queen, Amarillo, Apollo, Chinook, Columbus, CTZ, Eureka, Galaxy, Paradigm, Southern Sublime, Strata, Summit, Tropica e Zenia.

Das cervejarias que se destacam no cenário nacional, você vai encontrar bons exemplares com muito Dank em rótulos da: Everbrew, Koala San Brew, Dogma, Croma, Infected Brewing Co., Bold Brewing, Salvador Brewing Co., Tarin e Cervejaria Satélite.

Resumindo uma cerveja com Dank irá trazer algo intensamente lupulado, com alta carga de varietais que geram aromas e sabores resinosos, úmidos, verdes, frescos, um porão escuro e mal ventilado, além de notas de frutas tropicais como maracujá, manga, e toranja (grapefruit) ao fundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *