Saiba mais sobre a uva Picpoul e a região produtora de Pinet

Na região do Languedoc, no sul da França, existem apenas duas denominações de origem dedicadas exclusivamente a vinhos brancos secos, e cada uma delas trabalhando com uma única casta: Clairette du Languedoc, com a uva Clairette, e Picpoul de Pinet, com a uva Picpoul (também conhecida como Piquepoul Blanc). Hoje falaremos mais sobre essa última.

A comuna de Pinet, localizada na planície costeira do Languedoc, ganhou o estatuto de AOC (appellation d’origine contrôlée) em 2013. A única barreira entre os vinhedos e o mar Mediterrâneo é o Étang de Thau (Lago de Thau, foto abaixo). O clima é influenciado pela brisa do mar que modera as temperaturas. A maioria das uvas é colhida com máquina durante a noite.

A uva Picpoul é nativa da região de Vaucluse (departamento da França localizado na região Provença-Alpes-Costa Azul), e também pode ser encontrada no Rhône. Mas é nos solos calcários de Pinet onde ela melhor se expressa. Trata-se de uma casta que gosta de clima quente e que possui um alto nível de acidez. Tanto que seu nome significa “ferrão de lábio”.

Os vinhos são aromáticos, geralmente com teor alcoólico moderado. Maçã verde e frutas cítricas como o limão costumam ser encontrados nos aromas e sabores da Picpoul de Pinet.

Dica de vinho: L’Autanel Picpoul de Pinet, à venda na Empório Mundo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.